• arajara03
  • arajara02
  • arajara01a
  • social
  • arajara04


            No final de 1996 o pássaro soldadinho-do-araripe foi descoberto para a ciência, saindo do anonimato até se tornar um ícone, difundindo pelo mundo a imagem do Cariri cearense como um oásis no semiárido. Rotas de turistas passaram a confluir ao sul do Ceará, como uma romaria que tem como ponto alto da atividade de observação de aves a contemplação desta espécie que só existe em Crato, Barbalha e Missão Velha. Mas como esta prática pode reverter algum benefício em prol da conservação do soldadinho-do-araripe? Sobretudo ao lembrar que se trata do pássaro mais ameaçado de extinção global encontrado no Ceará.

 Aves

 

               Em 2008, na BirdFair – a maior feira de observação de aves do mundo, que e ocorre na Inglaterra, o veterano da BBC de Londres, Sir David Attenborough, conseguiu recursos entre os participantes do evento para que a Aquasis instalasse no ano seguinte um escritório no Cariri, conhecido como Projeto Soldadinho-do-araripe. Nesta mesma ocasião, a Aquasis (Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos) foi reconhecida pela entidade BirdLife International como guardiã desta espécie, com a qual atua desde 2004. A RSPB (Sociedade Real para a Proteção das Aves) também contribuiu, destinando dezenas de binóculos doados por observadores de aves para promover a atividade na região de ocorrência do soldadinho-do-araripe.
 
                Quem mora na região do Cariri agora tem oportunidade de apoiar diretamente a conservação de sua ave símbolo, pois acaba de ser publicado um livro denominado Aves da Chapada do Araripe – Guia fotográfico. Doando quarenta reais ao projeto, recebe-se de brinde esta publicação bilíngue com 376 fotos de 290 espécies de aves da região, a maior parte de autoria de Ciro Albano, premiado fotógrafo e consagrado guia de observadores de aves. Ciro ajudou a fundar o Projeto Soldadinho-do-araripe atuando como ornitólogo. O recurso arrecadado será integralmente revertido para a conservação da espécie.

              Observadores de aves de diferentes regiões do Brasil se apressaram em garantir seus exemplares, que por enquanto estão sendo remetidos pelos correios, mas que em maio também estarão disponíveis no Avistar Brasil 2014 de São Paulo, o principal evento nacional de observação de aves. O idealizador do evento esteve recentemente na Chapada do Araripe, onde veio procurar o soldadinho-do-araripe e acabou conhecendo seu projeto de conservação, convidando membros da Aquasis a apresentá-lo durante a feira que ocorrerá no Parque Villa-Lobos entre os dias 16 e 18 de maio.

 
 
 O livro encontra-se disponível no Instituto Cultural do Cariri, onde funciona em horário comercial o Projeto Soldadinho-do-araripe, bem em frente ao parque de exposições Pedro Felício Cavalcanti (Expocrato).