• arajara03
  • arajara02
  • arajara01a
  • social
  • arajara04

O Zoológico Nacional Smithsonian, em Washington, nos Estados Unidos, divulgou neste domingo (25), em sua página no Twitter, uma foto do filhote de panda gigante que nasceu na sexta-feira. "Nesta manhã, nosso panda filhote fez o seu primeiro exame neonatal! É robusto, saudável e completamente formado", diz a legenda.


O filhote, que ainda não foi batizado, é o terceiro de Mei Xiang, de 15 anos. Ele foi concebido por meio de inseminação artificial em 30 de março, com uma mistura de sêmen fresco e congelado, coletados a partir de dois machos diferentes, segundo o zoológico: Tian Tian, que vive no Zoológico Nacional, e Gao Gao, que mora no zoológico de San Diego.
Os pandas gigantes são uma das espécies mais ameaçadas do mundo. Seu habitat natural está em algumas cadeias de montanhas no centro da China. Há cerca de 1.600 deles vivendo em estado selvagem e cerca de 300 em cativeiro, principalmente na China.
Pandas fêmeas são capazes de conceber apenas por dois ou três dias na primavera, o que torna difícil a reprodução. O período de gestação é de cerca de cinco meses. A maioria dos pandas criados em cativeiro é concebido por meio de inseminação artificial.
Determinar se uma panda está prenha pode ser complicado. As fêmeas podem ter gravidez psicológica que provoca picos hormonais e mudanças de comportamento, tais como diminuição do apetite e da mobilidade, semelhantes aos sintomas de uma gravidez real.

Fonte: G1 Natureza