• arajara03
  • arajara02
  • arajara01a
  • social
  • arajara04

abacaxi new
O abacaxi é um fruto muito medicinal. Ele é rico em nutrientes, como a vitamina A, B1, B6, C, ferro, magnésio e fibras. Por ser diurético conter poucas calorias (menos de 160 numa fatia de 100 gramas), a fruta é muito usada em dietas de emagrecimento.

O principal componente do abacaxi é a bromelina, uma enzima que ajuda a melhorar a digestão, especialmente de proteínas. Por isso, o uso do abacaxi é muito recomendado quando se consomem grandes quantidades de proteína. A bromelina também tem propriedade anti-inflamatórias, o que o torna muito útil para ajudar a reduzir dores musculares e articulares, especialmente as causadas por intensa atividade física.

O abacaxi é ótimo para o preparo de doces, bolos e tortas. No entanto, o abacaxi é mais medicinal quando consumido cru ou na forma de suco ou chá. 

O chá acrescenta o fator termogênico à característa diurética do abacaxi, auxiliando na queima de gorduras. O consumo do chá de abacaxi combinado a uma dieta saudável costuma dar ótimos resultados a quem quer perder peso sem prejudicar a saúde.

Receita do chá do abacaxi Ingredientes:
Casca de meio abacaxi cortadas em pequenos pedaços (o ideal é que o abacaxi seja orgânico)
Meio abacaxi cortado em cubos pequenos
Um litro e meio de água
Um sachê de chá verde

Preparo:
Leve bem a casca de meio abacaxi e ponha-a para ferver por cerca de dez minutos.
Coloque-a para esfriar.
Depois, bata a casca no liquidificador.
Em seguida, coe.
Ferva 200 ml de água e adicione o sachê de chá verde.
Espere esfriar.
Depois, junte os dois preparos (as cascas e o chá vérde) em temperatura ambiente, adicione os cubos de abacaxi e adoce da forma que desejar (de preferência, com açúcar mascavo). 

Fonte: Cura pela natureza 

Clique aqui para acessar

banner socialempresarial

FanPage do Arajara

facebook arajara

Promoções

tag promo home

 

coleta seletiva lixoO Instituto Arajara em parceria com o Instituto Federal de Educaçao, Ciências e Tecnologias (IFCE), Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), Prefeitura Municipal de Barbalha, Secretarias de Educação e Meio Ambiente de Barbalha, estão desenvolvendo o seguinte projeto ‘COM O ARAJARA EM AÇÃO NÃO SE ENCONTRA LIXO NO CHÃO’.
Professores do Instituto Federal, trazem seus alunos e vão as escolas publicas do entorno do Arajara Park que juntamente com seus professores e alunos, promovem aulas de educação ambiental, enfatizando os cuidados com o lixo. Os alunos de baixa renda recolhem o lixo do entorno, trazem para o Instituto Arajara, sob a supervisão do IFCE e trocam o lixo por entrada ao Parque Aquático, tornando-se assim um projeto sócio-ambiental de extrema relevância.

rppn No Arajara Park está a única RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural), do Sul do Ceará, reconhecida pelo Ministério do Meio Ambiente. Está sendo elaborado um plano de manejo que contempla nesta área especifica, educação ambiental, ecoturismo e pesquisa cientifica.

Clique na imagem para ampliar

gruta do_fariasLocalizada no Município de Barbalha, no sopé da chapada do Araripe, próximo ao disrito de Arajara, é uma gruta arenítica, da idade do cretáceo inferior, com cerca de 100 milhões de anos, onde existem registro de vida pré-histórica  e 150m de extensão. No seu teto encontram-se conjuntos de espeleotemas de grande beleza cênica, sendo a única gruta arenítica do ceará com água e a maior do nordeste, donde jorram, segundo o DNPM – Departamento Nacional de Produção Mineral, cerca de 200 mil litros de água por hora.

soldadinho do araripe


Descoberto nos arredores da Gruta do Farias – Arajara Park, na cidade de Barbalha - Ceará em Dezembro de 1996 por Galileu Coelho e Weber Silva. Esse passaro é símbolo de conservação da Chapada do Araripe – Decreto municipal Nº 24/2009. Única espécie existente no planeta que só habita no sopé da Chapada do Araripe.

Está ameaçado de extinção, com cerca de 800 exemplares. Tem a Gruta do Farias e suas levadas como habitat preferido.

Para contribuir com a preservação do soldadinho foram cultivadas plantas que dão frutos e alimentos, na diversidade que a espécie requer, para sua conservação e procriação.

Sobre esse belo pássaro, foram feitos e publicados vários estudos científicos.